admin Nenhum Comentário

As cabines acústicas não tem simplesmente a função de atenuar ruídos.

Existe um fator que muitas vezes não é levado em conta. A vibração!

Quando verificamos o comportamento do homem frente a vibrações mecânicas, uma das regiões mais importantes parece ser o sistema tórax-abdomen, devido a seu efeito de ressonância para freqüências entre 3 e 6 Hz. Esse efeito torna difícil a isolação das vibrações e choques, tanto para pessoas em pé como sentadas.
Outro efeito de ressonância para freqüências entre 20 e 30 hz tem sido encontrados devido ao sistema cabeça-pescoço-ombros.
O globo ocular apresenta ressonância entre 60 e 90 hz. As mandíbulas e os lábios apresentam ressonância entre 100 e 200 hz. Porém, do ponto de vista dos choques e vibrações, as freqüências baixas são as mais importantes. Verifica-se que quando as vibrações são amplificadas na mão, sofrem uma atenuação de 40 Db, e quando amplificadas aos pés, de 30 Db.

A Organização Internacional de Padrões (ISSO) propôs como critério o intervalo de 1 Hz a 100 Hz para vibrações transmitidas ao tórax, para pessoas sentadas ou em pé.
As vibrações com freqüência abaixo de 1 Hz provocam cinetosism , que variam de pessoa para pessoa. O mesmo acontece com vibrações acima de 100 Hz, o que impossibilita recomendações fora daquele espectro de 1 a 100 Hz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *